Casa Pátio

Casa Pátio – E, mais uma vez, o espaço vazio é o protagonista de um projeto do nosso escritório.
Mais que a casa, mais que a tectônica, aqui, o que não é casa - o fluido, o espaço, o vazio - é o elemento do trabalho.
O lote fica em um condomínio fechado, na cidade de Caruaru, no final de um cul de sac, a famosa rua sem saída, perfeitamente protegida de qualquer incômodo de trafego de veículos.
A casa foi implantada de maneira a ser, ela mesma, o muro que divide o dentro do fora. O pátio colocado no fundo, ao leste, convida à abertura das janelas dos quartos e da área social para a fachada nascente, naturalmente sombreada à tarde.
Todos esses ambientes se abrem para um terraço que faz as vezes da transição entre o interior e o exterior criando o lugar de se ficar e de receber os amigos. Isso ligado à piscina e a vista do jardim que juntos ocupam o espaço sem construção.
A cozinha aberta, completamente integrada ao ambiente externo, é outro ponto que foi perseguido nas soluções da arquitetura. Uma ilha é o elemento que faz a separação física e, ao mesmo tempo, a ligação visual entre o seu interior e esse grande terraço. Dessa maneira, a mesma cozinha serve à casa e à piscina, somando-se à seus equipamentos, uma churrasqueira e um forno de pizzas que estão do lado de fora, fazendo parte da mesma bancada. No partido estético se fez presente a curva, que nasceu no exterior, como consequência do rebatimento da forma do traçado do final da rua e, depois, apareceu de forma muito expressiva, no gesto que delimita o terraço interno. A linha circular que abraça o vazio e gera o oco principal da casa.
A casa conta com sistema de captação e reuso de água pluvial, além de aquecimento solar da água. Acrescente-se a isso a preocupação constante que tivemos com iluminação e ventilação naturais, o uso de luminárias LED, e temos uma construção afinada com os conceitos de sustentabilidade. A casa pátio é um projeto simples, desses que quis ser simples desde a sua criação. Na escolha dos materiais, o branco das paredes se mistura com alguns detalhes em madeira, com esquadrias de alumínio bronze e com os pisos externos, em ardósia, formando a paleta que toma conta de todo o projeto. As necessidades da família, foram resolvidas praticamente em um único piso. Restaram, para o pavimento superior, apenas um mezanino que abriga o estar íntimo e uma segunda área ligada ao quarto das filhas. Os ambientes estão todos voltados para o leste e, em cada canto da casa tentamos uma vista do jardim. Com isso, tivemos mais uma dessas casas um tanto fechada para a rua, e muito aberta para dentro, onde a vida e a intimidade da família existem de forma plena.